terça-feira, 4 de julho de 2006
Assembleia de Freguesia
Decorreu na última sexta-feira, 30 de Junho, mais uma sessão ordinária da Assembleia de Freguesia de Creixomil, a ordem de trabalhos foi a já referida no post anterior.
Sendo esta a segunda vez que tive a oportunidade de assistir, era minha intenção fazer neste post uma crónica descritiva dos assuntos propostos e debatidos durante a Assembleia de Freguesia, mas atendendo à forma quase totalitária como se desenrolam algumas intervenções infelizes de pessoas que se deviam denotar por responsáveis pela Freguesia de Creixomil, sinto-me profundamente desiludido com a democracia que tem sido “usada” nestas assembleias. E depois ainda por lá proclamam afirmações do tipo “os antigos é que sabem” ou “os mais velhos é que podem falar sobre isso”, pergunto então se nunca aprenderam nada com eles, será que não tiveram a oportunidade ou então nunca quiseram mesmo aprender. Mas já que não aprenderam com “os antigos” aprendam com os novos, em Creixomil felizmente ainda existe juventude com massa cinzenta suficiente, profissionais e com provas davas na sociedade Portuguesa, capazes de fazerem bem melhor, peçam-lhes umas dicas.
Como já tenho dito e volto a repetir, deixem-se de intrigas e birras infantis, trabalhem juntos pelo desenvolvimento e futuro de Creixomil, para além ser útil também é muito saudável.
Deixo o convite para que assistam a uma próxima assembleia e vejam com os vossos próprios olhos.

imagem do stape
0 Comentário(s)
Links para este post:
Criar uma hiperligação